Associação Sócio-Terapêutica de Almeida, IPSS

  • 3.JPG
  • 7.jpg
  • H.JPG
  • RevistaASTA_2016-Capa.jpg

Este era mais um espaço em ruínas na aldeia, que foi objeto de restauro e adaptação, graças ao apoio do Grupo de Amigos, Fundação V e Fundação Manuel António da Mota e, está em funcionamento desde 0utubro de 2012.

Tem uma ambiência privilegiada para o trabalho de grupos reduzidos, com necessidades e abordagens terapêuticas específicas e intimistas. Em 2014 este espaço foi ampliado graças ao apoio do Prémio CEPSA ao Valor Social 2014, o que permitiu mais condições para, nomeadamente, aprofundar o ciclo da lã.

Neste atelier trabalham-se três materiais: A lã de ovelha, o papel reciclado e a cera de abelha.

Todos estes materiais nobres são tratados através de ciclos, de uma forma sequencial e terapêutica, permitindo assim a cada companheiro ir vencendo desefios, integrar o todo e ganhar competências.

A natureza que nos rodeia (animal,vegetal e mineral) é nossa aliada, nela encontramos muito do material de apoio que utilizamos no nosso trabalho. Queremos criar e transformar, de mãos dadas com a natureza que nos circunda.

Temos assim todos os ingredientes para nos entregarmos ao trabalho com entusiasmo e fazer de cada dia, um dia de valer a pena.

 

 

A lã das nossas ovelhas

coberta de sol  e terra

nós  lavamos, nós  limpamos

e alindamos,com cores e fantasia:

são painéis e luas, chapéus e anjos,

fios que tecemos, trabalhos que fazemos

com alegria.

E o velho papel que reciclamos?!

Amassamo-lo com água, com flores…

Damos-lhe nova forma, nova  vida

eentregamo-lo aos outros

com amor.

Com a cera das abelhas

que tem cheiro a rosmaninho

e fica depois do mel,

numa roda, bem juntinhos,

fazemos velas de luz

para iluminar o Natal.

 

                                                             Maria José Dinis da Fonseca - março 2017